Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Viseu recebe V Colóquio Nacional de Horticultura Biológica

05/01/2023
Evento está agendado para 11 e 12 de maio, no Instituto Politécnico de Viseu.
Imagen

O V Colóquio Nacional de Horticultura Biológica (VCNHB) tem data e local marcado: 11 e 12 de maio, no Instituto Politécnico de Viseu. Trata-se de uma iniciativa da Associação Portuguesa de Horticultura (APH), em parceria com a Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV), a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), e com o apoio da Câmara Municipal de Viseu.

Como explica a organização, o objetivo é o de promover o intercâmbio de informação entre investigadores, técnicos e agentes do setor; divulgar os avanços técnico-científicos nos temas a abordar; envolver a comunidade nas questões políticas nacionais e europeias relacionadas com a produção e consumo dos produtos e identificar linhas de trabalho e de investigação que possam contribuir para o desenvolvimento de estratégias ambiental e socialmente sustentáveis.

E, por isso mesmo, a organização convida à submissão de trabalhos técnico-científicos nas áreas de:

  • Consumo, nutrição e saúde;
  • Itinerários técnicos em modo de produção biológico;
  • Pós-colheita, transformação e qualidade;
  • e Aspetos socioeconómicos e organização do setor.

Para submeter resumos de trabalhos ou obter informações adicionais sobre o VCNHB basta contactar o secretariado do evento através do email: VCNHB@esav.ipv.pt.

20 anos, 3 edições

O primeiro Colóquio Nacional de Horticultura Biológica (CNHB) teve lugar em Coimbra, em 2003. Após 20 anos e com três edições pelo meio, Lisboa (2007), Braga (2011) e Faro (2016), a realização do VCNHB torna-se premente tendo em atenção que, nos últimos anos, o modo de produção biológico teve uma evolução muito acentuada, quer ao nível de área de produção, quer do número de operadores.

Este crescimento refletiu-se a nível nacional, europeu e mundial. O Instituto de Pesquisa em Agricultura Orgânica - FiBL indica que a área mundial em agricultura biológica se situou, em 2020, nos 74,9 milhões de hectares, representando um crescimento de 4,1% em relação a 2019. O mercado global de alimentos biológicos está a crescer, incentivado pelo aumento da procura e, por conseguinte, do consumo. Em 2020, cada cidadão da União Europeia (UE) gastou, em média, 102€ na compra de produtos biológicos. Em Portugal, de acordo com a Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), a área de superfície agrícola utilizada (SAU), dedicada à agricultura biológica, em 2019, situou-se acima dos 7%, correspondendo a 273 158 hectares.

Colocam-se, atualmente, vários desafios à agricultura /horticultura biológica, nomeadamente, o aumento da área agrícola em agricultura biológica na UE (25% até 2030), a preservação dos recursos naturais (solo e água), a adaptação às alterações climáticas, a par com o aumento da procura de produtos biológicos (na UE cresce a mais de 10% ao ano). Deste modo, deverá existir uma preocupação cada vez maior, ao nível da investigação e da experimentação.

Neste contexto, o VCNHB pretende promover o intercâmbio de informação entre investigadores, técnicos e agentes do setor; divulgar os avanços técnico-científicos nos temas a abordar; envolver a comunidade nas questões políticas nacionais e europeias relacionadas com a produção e consumo dos produtos e identificar linhas de trabalho e de investigação que possam contribuir para o desenvolvimento de estratégias ambiental e socialmente sustentáveis.

foto

REVISTAS

Siga-nos

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter iAlimentar

    17/07/2024

  • Newsletter iAlimentar

    10/07/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial