Denios
Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Os robôs e as tendências atuais da digitalização

Surplex27/12/2022
Cinco tendências atuais mostram como a utilização de robôs pode impulsionar a digitalização e evitar uma escassez de trabalhadores qualificados.

“A fábrica do futuro terá dois empregados: um humano e um cão. O humano está lá para alimentar o cão. O trabalho do cão será evitar que o humano toque no equipamento totalmente automatizado”. Warren G. Bennis, economista americano (1925-2014).

Os robôs industriais também podem ser posteriormente integrados no inventário de máquinas...
Os robôs industriais também podem ser posteriormente integrados no inventário de máquinas. Ao automatizar a produção com máquinas CNC, um robô pode assumir a montagem e o manuseamento das peças. (© Alexander Tolstykh / Shutterstock.com).

Cada vez mais robôs industriais instalados

Na produção ainda não se chegou tão longe como Bennis previu. Mas, em 2021, já existiam 141 robôs para cada 10 mil trabalhadores na indústria de transformação global. De acordo com os números da IFR (International Federation of Robotics) para 2021, o stock total de robôs perfaz agora 3,5 milhões. Destes, mais de um milhão de unidades estão a trabalhar só na China. A China também lidera a nível mundial em termos de novas instalações em 2021. Mais de um quarto de milhão de robôs foram ali instalados no ano passado. Seguem a uma distância considerável o Japão (47 mil), os EUA (35 mil) e a Coreia do Sul (31 mil). Mas a Europa também não fica atrás. Em 2021, aproximadamente 85.000 novas unidades foram colocadas em funcionamento.

A procura de robôs industriais é mais elevada do que nunca. Mais de meio milhão de novos robôs industriais em 2021 - um novo recorde. Para 2022, a IFR espera novamente que as instalações globais de robôs aumentem e aproximadamente 570.000 novas unidades sejam instaladas.

Áreas de aplicação

Se pensarmos nos robôs na indústria, a primeira imagem que provavelmente nos vem à mente é a linha de produção no fabrico de automóveis. De facto, o setor automóvel tem sido o líder em robótica industrial até à data. Foi ultrapassado pela indústria elétrica e eletrónica em 2021. Isto mostra que a robótica industrial está agora a atingir a amplitude da indústria. A indústria metalúrgica ocupa a terceira posição, seguida das indústrias química e alimentar.

Os robôs são utilizados principalmente para o manuseamento de componentes. A segunda aplicação mais importante é a soldadura. Em seguida são usados no processo de montagem. Os robôs são também comuns em trabalhos de sala limpa.

As tendências na robótica industrial

  • Tendência I: Digitalização da produção. Produção totalmente digitalizada desde a entrada da encomenda até à entrega - isto é, Indústria 4.0. No fabrico, a tendência é claramente no sentido de produtos individualizados. Isto leva a um volume de margem cada vez menor.Tal produção só é acessível se for automatizada e digitalizada. E sem robôs não há automatização.
  • Tendência II: Automação contra a escassez de trabalhadores qualificados. Quer a longo prazo quer a curto prazo, a escassez de trabalhadores qualificados é um problema. Além disso, a sociedade está a envelhecer. As baixas taxas de natalidade e a geração do baby boom a entrar na reforma significam que se pode esperar uma enorme escassez de mão-de-obra. A situação é semelhante em todas as grandes economias.
  • Tendência III: Robôs de baixo custo. Unidades robotizadas mais baratas, os chamados robôs de baixo custo (Low -Cost), são cada vez mais procurados. Ao contrário dos robôs industriais, não são tão precisos, transportam apenas cargas mais leves e não são tão duráveis. Por outro lado, são fáceis de operar, podem ser instalados pelas próprias empresas e, acima de tudo, são mais baratos. Isto torna-os particularmente interessantes para as Pequenas e Médias Empresas (PME). Quase metade de todas as empresas alemãs com 50-500 empregados pretendem adquirir robôs.
  • Tendência IV: Automatização de máquinas mais antigas. Se o atual stock de máquinas estiver à altura do padrão desejado em termos de tecnologia e qualidade de produção, não faz qualquer sentido financeiro adquirir novos equipamentos automatizados. No entanto, a fim de aumentar o nível de automação, as máquinas existentes podem muitas vezes ser automatizadas posteriormente. Isto aumenta a produtividade, mantendo a qualidade. Para grandes quantidades e variações reduzidas, a robótica oferece uma possibilidade de automatização das peças. Devido à sua flexibilidade, os robôs podem ser utilizados em diferentes sistemas. Em comparação com outros sistemas de manuseamento, tais como o manuseamento de paletes, os custos de investimento para a robótica são mais baixos.
  • Tendência V: Robôs industriais em segunda mão. O número crescente de encomendas na construção de máquinas e instalações mostra que muitas empresas querem expandir as suas máquinas a fim de aumentar as suas capacidades. No entanto, os investimentos estão associados ao risco económico. Aqueles que não podem trabalhar com os por vezes longos prazos de entrega de novas máquinas orientam-se no mercado de máquinas em segunda mão que se encontra em constante crescimento. Uma das principais casas de leilões industriais europeias para maquinaria em segunda mão e equipamentos de fábrica é a Surplex. Aí encontrará não só sistemas automatizados para processamento de madeira e metal, mas também robôs industriais.
Na casa de leilão industrial Surplex, os robots de braço articulado do fabricante Fanuc estão sempre em oferta...

Na casa de leilão industrial Surplex, os robots de braço articulado do fabricante Fanuc estão sempre em oferta. São adequados para uma vasta gama de tarefas de manuseamento em quase todas as aplicações, por exemplo, para soldadura por pontos. (© Surplex).

REVISTAS

Siga-nos

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter iAlimentar

    19/06/2024

  • Newsletter iAlimentar

    12/06/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial